Fonte: Jornal Hora de Santa Catarina

O animal apareceu na sexta-feira (7/11/2014) e ficou no alto de uma árvore

Macaco bugio entra pela janela do banheiro em casa no Bairro Roçado, em São José Vanessa Cristina/Divulgação

Foto: Vanessa Cristina / Divulgação

Um macaco da espécie Bugio, que é ameaçado de extinção, deu um susto em uma família de Roçado, em São José/SC, na tarde de sábado (08/11/2004). Ele entrou pela janela do banheiro e ficou agitado até a chegada da Polícia Ambiental, que capturou o animal e o encaminhou para o Centro de Triagem no bairro Rio Vermelho em Florianópolis/SC.

Foto: Divulgação

De acordo com a moradora Vanessa Cristina, o bicho foi visto pela primeira vez por volta das 15h do dia 7/11/2014 (no alto de uma árvore na área comum do condomínio José Alencar. Moradores colocaram banana e água para o animal perto da árvore, mas ele permaneceu no alto. No sábado pela manhã (08/11/2014) ele começou a ficar mais agitado, e entrou pela janela de um apartamento que estava aberta, mas logo saiu e retornou para a árvore. A Polícia Ambiental foi acionada e esteve duas vezes no local, mas não conseguiu capturar o macaco. Na tarde de sábado, por volta das 16 horas, o bicho invadiu uma casa vizinha ao condomínio:

Foto: Divulgação

— Ela estava fazendo a filha bebê dormir quando ouviu um barulhão, e gritou de susto quando viu o macaco no banheiro. A Polícia Ambiental veio de novo e daí conseguiu pegar ele com uma rede — conta Vanessa.

De acordo com o Cabo Sálvio, da Polícia Ambiental, não é comum aparecer esta espécie de macaco na região da Grande Florianópolis. O Bugio está na enfermaria do Centro de Triagem do Rio Vermelho sem ferimentos, apenas para observação e exames. Após os resultados deve ser solto na natureza, em local ainda não definido.

O cabo explica que a espécie não costuma ser agressiva, mas pede que a população evite chegar perto caso encontre um animal e acione a Polícia Ambiental.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!